Por que uma página no Facebook não substitui um Site?

Sabe por que uma página no Facebook não substitui um site? Quando um cliente chega na sua empresa e pergunta – “qual o site da sua empresa”, sua resposta é “Acessa nosso Facebook” –  você pode estar perdendo de mostrar suas informações e destacar melhor seus produtos. Saiba por quê.

Não ter um site para sua empresa pode ser prejudicial para os negócios, já que uma página no Facebook não substitui um site.

Ao passar o site da sua empresa para um cliente, ou até um possível novo cliente, você se mostra esforçado em agradar seus compradores. No site você pode expor seus produtos, ou serviços prestados. As pessoas podem acompanhar de forma mais clara e acessível, já que no Facebook você não pode dividir seus produtos em menus. Investir em um site passa para seu cliente uma imagem de profissionalismo e credibilidade e pode ser esse o passo que falta para sua empresa se destacar das demais. Ter um site também pode expandir sua área de venda.


Vamos abordar aqui algumas dicas que explicam melhor as vantagens e desvantagens de estar “SOMENTE” no Facebook.

1. Você conhece seu público alvo?

Se sua empresa já sabe quem é o público alvo ótimo, identifique de onde seu cliente vem, qual a porcentagem de clientes que chegaram até sua empresa através do post que você fez no Facebook pode lhe ajudar a ter uma noção melhor, e, se sua estratégia está funcionando.

2. Você tem um Perfil ou uma Fanpage?

Um erro comum das pessoas é criar um perfil pessoal, adicionar várias pessoas e amigos e dizer que tem mais de 1000 pessoas no Facebook, isso não chega a ser a melhor solução.


Tenha uma Fanpage! As páginas do Facebook são voltadas para empresas, nelas podemos analisar o número de pessoas atingidas em uma publicação. Existe também a possibilidade de impulsionar e atingir mais pessoas em suas publicações e segmentar um publico especifico em uma campanha, e o mais importante, tudo com um valor bem acessível.


Outra vantagem é que você não pode adicionar amigos como faz no perfil, na fanpage as pessoas que curtirem estarão interessadas na sua empresa. Você pode ter menos pessoas mas serão pessoas que podem te dar um retorno muito maior por estarem interessadas.

Quase clara a ideia do porquê uma página no Facebook não substitui um site? Então vamos continuar.

3. Qual a idade média de seus clientes?

O acesso à internet diminui, conforme a idade aumenta, e esse número é ainda maior para mídias sociais. A maioria dos acessos nas redes sociais são de pessoas entre 13 e 17 anos com 75,7%, o número de conectados entre 18 e 25 anos diminui para 70,5% e acima de 35 anos o número é em torno de 60%.


Então preste atenção para esses números, se seus clientes tem uma idade acima dos 35 anos, você pode não estar sendo visto por mais de 40% da população.

4. Qual o perfil dos meus clientes, eles são empregados ou dono de empresas?

Hoje em dia muitas empresas limitam o acesso a internet para seus funcionários, ainda mais se tratando de mídias sociais. Isso pode ser um problema quando precisa mostrar seus produtos em horário comercial. Então fique atento a esse detalhe e programe suas publicações para depois dos horários comerciais.

5. Como devo usar o Facebook para minha empresa.

O melhor conselho é usar o Facebook e outras mídias sociais como ferramenta de divulgação e atração de clientes. Crie um site para sua empresa onde você possa passar todas as informações, produtos e serviços da sua empresa. Faça do Facebook uma ferramenta que traga acesso para seu site. Lá você pode mostrar muito mais do que o que está publicando na mídia social. Dessa forma sua empresa terá mais credibilidade e passará mais segurança para futuros clientes.

Gostou da nossas dicas de como uma página no Facebook não substitui um site? Ficou interessado em montar uma estratégia de marketing para sua empresa? Entre em contato com nossa agência, teremos o prazer em ajudar a melhorar sua visibilidade online.

Deixe seu comentário ou entre em contato conosco, que nossa equipe pode te ajudar nesse caminho.