Como construir uma lista de e-mail marketing de qualidade

Parte fundamental para um funil de vendas, é construir uma lista de e-mail marketing de qualidade. É por meio dela que os leads (clientes em potencial) serão nutridos e encaminhados para as vendas, na maioria das estratégias de marketing.

Mas, para que isso aconteça de maneira assertiva, é importante ter uma lista de e-mail marketing de qualidade.

Não adianta comprar listas prontas. Os membros devem ser leads qualificados, devem possuir interesse no nicho ou na marca em questão. Só assim serão responsivos, e construirão uma relação com a empresa.

O que é um lead qualificado?


Uma lista de e-mail marketing de qualidade é aquela que possui leads qualificados. Mas afinal, o que é um lead qualificado?

Muitas vezes, os emails acabam sendo disparados para pessoas que não possuem um real interesse naquela empresa. Além de ser uma perda de tempo (e dinheiro) a marca se torna intrusa, porque invade a caixa de entrada de usuários aleatórios. Isso acontece quando a lista de e-mail marketing é comprada, emprestada ou trocada.

Um lead qualificado é aquele que já demonstrou, anteriormente no funil de vendas, interesse pela marca. Dessa maneira, o relacionamento ganha um caráter permissivo, ou seja, a empresa tem a permissão de estar presente na caixa de entrada do usuário.

Construir uma lista de email marketing com leads qualificados significa que esse público está mais avançado na jornada do consumidor. Portanto, a venda será mais fácil. Além disso, há outro fator importante: essas pessoas estão dispostas a abrir os emails e criar um relacionamento com a marca.

Como construir uma lista de e-mail marketing de qualidade?


Ao construir uma lista de e-mail marketing, a empresa deve estar ciente que o endereço de e-mail do cliente (ou lead) é extremamente importante para ele. Muitas pessoas ainda ficam receosas de passar o e-mail porque se sentem invadidas ou acreditam que a marca enviará spam. Aliás, deixar claro que o conteúdo enviado não é spam é uma forma de matar essa objeção.

Portanto, para se obter algo de real valor, é importante fazer uma troca e oferecer algo importante para essa pessoa.

As recompensas são infoprodutos digitais disponibilizados gratuitamente. O usuário deve apenas cadastrar informações básicas como nome e e-mail para fazer o download.

Há inúmeros tipos de recompensas digitais. Os ebooks são os mais usados, porque é uma maneira de transmitir conhecimento aprofundado em grande escala e com baixo custo. Entre outros tipos de recompensas se destacam os produtos audiovisuais (como cursos curtos) e materiais práticos para o cotidiano (por exemplo, receitas para emagrecimento, ou uma tabela de alimentos saudáveis).

Para o cliente


O importante é que a recompensa tenha um significado e uma utilidade na vida do cliente. Ela deve possuir valor, ser interessante e relevante. A qualidade é fundamental para a construção da imagem e credibilidade da empresa.

O infoproduto deve ser prático e convincente. Na maioria das vezes, ele é um início na jornada do consumidor e, por isso, pode trabalhar com as dores do público, que serão resolvidas com o produto ou serviço que será vendido no final do funil.